Caixa de busca

segunda-feira, 23 de abril de 2012

Coluna da Vovó

às 14:05


Quando meu filho (e minha nora, é claro) começaram a cogitar a “encomenda” de um bebê, o primeiro neto, no caso, pensei: Meu Deus! Vou ter que ir devagar!
Por quê? Porque o carinho da criança passa pelo filtro do coração da mãe, e mãe, sendo a nora, vai estabelecer limites para a entrega da criança a avó, quer dizer, à sogra. Diferente de quando é o filho da filha, que escancara amor à mãe.
... Ela vai fazer chantagem. E não pretendo ficar refém...
Mais tarde, porem, já com o Matheus nas mãos, nos braços, no coração, repensei: é impossível ser vó com moderação.

Dudu
Categorias:
Reações:

1 comentário:


Anônimo disse...

Pois é, mas limites precisam ser respeitados. Idependente que seja a mãe ou a sogra. Comigo ninguém se cria não.

Postar um comentário

Obrigada pela sua visita. Seu comentário é muito importante pra mim.

 
Chamomilaa © Copyright 2012
Design por Delikka